Páginas

Pesquisar este blog

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Catitos: Google deve lançar óculos 'Terminator' até o fim do ano

Catitos: Google deve lançar óculos 'Terminator' até o fim do ano:


Há várias semanas, têm circulado rumores de que o Google desenvolve óculos que funcionam como monitores individuais, exibindo imagens, vídeos e informações nas lentes. Agora, o jornal "New York Times" diz que os óculos Terminator – como foram apelidados em referência aos filmes da série O Exterminador do Futuro – vão virar produto e devem chegar às lojas até o fim do ano.
O jornal diz ter recebido a informação de “diversos funcionários do Google familiares como projeto, que pediram para não ser identificados”. Segundo eles, não se trata de um simples monitor. O novo gadget será um smartphone completo em forma de óculos. Terá conexão 3G ou 4G, além de receptor de GPS e vários sensores. Vai rodar o sistema Android e terá uma minúscula câmera de baixa resolução capaz de exibir a imagem da área à frente sobreposta às informações.

Laboratório secreto

O New York Times diz que os smartphones-óculos estão sendo desenvolvidos no Google X, um laboratório secreto próximo à sede do Google em Mountain View, na Califórnia. Sergey Brin, um dos fundadores da empresa, estaria comandando pessoalmente o projeto. O jornal diz, ainda, que os óculos terão o preço de um smartphone – algo entre 250 e 600 dólares nos Estados Unidos.
Steve Lee, o engenheiro do Google que criou o Latitude – aplicativo para smartphone que compartilha a localização do usuário com um grupo de pessoas – também estaria envolvido no projeto. Como a especialidade de Lee é navegação e mapas, isso sugere que haverá ênfase no uso dos óculos para esse tipo de aplicação.
Há outras evidências de que o Google está trabalhando em algum produto óptico. Há pouco mais de uma semana, o jornal "San Jose Mercury News" noticiou que a empresa está equipando um de seus laboratórios com aparelhos para teste de instrumentos ópticos de precisão. Na época, o jornal chegou a afirmar que esse equipamento seria usado num projeto liderado por Sergey Brin.
Já o site "9to5Google" diz que, de acordo com a descrição de pessoas que viram os protótipos, os óculos do Google X são visualmente parecidos com o modelo Thump, da Oakley, que funciona como um player de música. Em junho do ano passado, o mesmo site noticiou que o Google havia contratado Richard DeVaul, que antes trabalhava na Apple. DeVaul, um cientista originário do MIT, é um especialista em computação incorporada ao vestuário.
Uma de suas teses acadêmicas descreve o que ele chamou de “óculos da memória”, um aparelho em forma de óculos capaz de exibir informações ao usuário com discrição. É fácil perceber que todos as peças do quebra-cabeça se encaixam, deixando poucas dúvidas de que o Google realmente está investindo no projeto. Mesmo assim, não há certeza de que os óculos Terminator vão virar um produto comercial, e muito menos de que vão fazer sucesso.
Isso depende, por exemplo, de o Google conseguir desenvolver uma interface de comando realmente prática. O "9to5Google" diz que o comando dos óculos é feito por inclinações da cabeça, método que o site descreve como “intuitivo e fácil de aprender”. Mas pode-se supor que o gadget do Google será mais pesado e volumoso que óculos comuns, além de prejudicar a visão do ambiente. Assim, as pessoas não deverão usá-los em tempo integral. E pode não ser nada prático ter de colocar os óculos cada vez que chegar uma chamada de celular.

Por Exame

'via Blog this'

Nenhum comentário:

Veja também: