Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Seleção: serviços para baixar livros eletrônicos gratuitos


Conheça alguns dos serviços mais legais da web para baixar e-books gratuitos e aumentar ainda mais sua cultura!

"Você lê livros eletrônicos?
A leitura é a melhor forma de adquirirmos informação, conhecimento e cultura. Uma pessoa que lê com frequência consegue se expressar melhor, aprimora seu raciocínio e aumenta seu vocabulário.
As grandes empresas de tecnologia têm investido em ferramentas para a leitura de livros eletrônicos. Os e-books, como também são conhecidos, podem ser lidos em leitores digitais (ou e-readers), smartphones e, mais recentemente, em tablets.
Apesar do esforço de algumas grandes empresas mundiais – como Apple, Sony e Amazon – para popularizar seus produtos e, por tabela, os documentos virtuais, este formato de livros ainda encontra usuários que o desdenham. Para saber se o livro em papel ou em meio eletrônico é melhor, o Baixaki preparou há algum tempo um artigo intitulado “Livro digital ou de papel?”. Dê uma olhada nele e confira o que nossos redatores têm a dizer sobre o embate.
Deixando de lado a disputa entre qual meio de veiculação de conteúdo é mais eficiente, é fato que a disponibilização e a difusão de livros eletrônicos têm aumentado. A tendência é que a chegada de novas gerações, as quais interagem com tecnologias cada vez mais cedo, faça a assimilação de e-books crescer.

Onde encontrar?

Para deixá-lo antenado com o mundo da leitura virtual, o Baixaki elaborou uma seleção dos serviços mais confiáveis para o download de e-books gratuitos. ATENÇÃO! Fique atento com os direitos autorais das obras baixadas. Verifique se o livro possui domínio público ou liberação do autor para divulgação. Não esqueça: pirataria é crime!

Portal Domínio Público

Portal Domínio Público é um serviço mantido pelo Ministério da Educação. O portal foi lançado em 2004 com um acervo de 500 obras. O intuito do site é compartilhar o conhecimento por meio da disponibilização de uma biblioteca virtual para toda e qualquer pessoa com acesso à internet.
Usufrua desta biblioteca virtual mantida pelo Governo.
O mecanismo de difusão de conteúdo eletrônico criado pelo Governo tem se tornado referência entre professores e pesquisadores da rede pública de ensino. O serviço oferece, em sua grande maioria, obras de domínio público. O que isso significa? Que você pode baixar os mais de 174 mil títulos sem medo! Aproveite as majestosas e clássicas obras da literatura brasileira sem pagar nada.

Wikisource

A Wikimedia é um projeto que mantém uma série de serviços e portais colaborativos e sem fins lucrativos na web – o mais famoso deles é a Wikipédia. Embora muitos usuários conheçam apenas o site que contempla a definição de uma infinidade de termos, outra ferramenta para coletar informações é o Wikisource. Este serviço consiste em uma biblioteca livre.
A Wikipédia dos e-books gratuitos.
Assim como o Portal Domínio Público, este site fornece apenas obras originais que podem ser disseminadas gratuitamente sob o respaldo da lei. Todo o acervo virtual é composto por livros de domínio público ou que estejam amparados pela licença GFDL. Segundo dados publicados pelo Wikisource, atualmente a versão em português do serviço conta com 84.857 textos em sua base de dados.

Simplíssimo

Procurando o legado de Machado de Assis? No Simplíssimo você encontra 14 obras deste grandioso autor nacional, além de livros escritos por José de Alencar, Humberto de Campos e Bernardo Guimarães, por exemplo.
Diferentemente dos portais citados anteriormente, este serviço oferece um acervo enorme para compra. O repositório de domínio público armazenado no Simplíssimo ainda é pequeno, mas o site tem um grande potencial de crescimento.
O portal que oferece arquivos em EPUB.
Todos os arquivos disponíveis neste site são no formato EPUB – extensão para e-books padronizada pela IDPF (International Digital Publishing Forum). Para conhecer melhor este tipo de documento acesse o artigo “O que é o formato EPUB?”.

eBookCult

eBookCult é mais um repositório de livros eletrônicos que pretende cooperar com a disseminação de conhecimento. A variedade de temas do acervo impressiona. São mais de 30 segmentos para você escolher e explorar à vontade. As obras que possuem direitos autorais reservados têm apenas o primeiro capítulo disponibilizado para download.
Um acervo gratuito para você aproveitar.
Este serviço é mais um canal para você conhecer melhor a literatura e cultura brasileira. Os arquivos armazenados no eBookCult estão em PDF, formato suportado por todos os sistemas operacionais. O site oferece também algumas alternativas de softwares para a leitura virtual, como o MS Reader, MobiPocket Reader, eRocket e eBook Viewer.

weRead

Até agora vimos uma série de serviços que permitem o download dos e-books. O weRead tem uma forma diferente de disponibilizar os livros: você lê o conteúdo das obras diretamente do navegador. Com isso, o usuário não precisa se preocupar em baixar programas que facilitem a leitura ou o arquivo de texto.
Leia obras completas no navegador!
Basta clicar na imagem ou no link do título desejado e esperá-lo carregar. Na nova página aberta existe um menu de comandos bem simples e intuitivo. Você pode interagir com outros usuários para trocar ideias e sugestões de obras. O serviço está em inglês, portanto, conhecer um pouco deste idioma ajuda bastante!

Blog E-books Grátis

Mais diversificado, o E-books Grátis é um blog que contempla os mais variados assuntos. O site disponibiliza links para download de documentários, tutoriais, quadrinhos alternativos, entre muitos outros gêneros de conteúdo.
O blog do livro eletrônico.
O destaque fica para a seção “Livros (E-books Grátis)”, onde você encontra mais de 900 títulos com as devidas referências: se a obra foi cedida pelo autor ou possui distribuição livre, por exemplo.

Cultura Brasileira

Apesar de ter uma interface menos atraente que os serviços explicitados anteriormente, o siteCultura Brasileira é um rico acervo de livros clássicos, resenhas e bibliografias. Neste serviço você encontra de tudo um pouco – de Karl Marx, passando por Maquiavel e chegando até Jorge amado.
.....
Com tantas fontes de informação e conhecimento, não há desculpas para você não expandir sua cultura. Conhece mais serviços que oferecem e-books gratuitos? Não deixe de compartilhar com os outros leitores do Baixaki: comente!"

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Frases Ilustradas por Ceó Pontual



 Maxwell Maltz (1899-1975) foi um cirurgião plástico
                           e escritor americano.


 George Orson Welles (Kenosha, Wisconsin, 6 de maio de 1915
Hollywood, 10 de outubro de 1985) foi um cineasta estadunidense.


               Anthony Mortimer Rapp (Chicago, 26 de outubro de 1971)
                              é um ator e cantor americano.

 Charles-Louis de Secondat, ou simplesmente Charles de Montesquieu,
                        foi um político, filósofo e escritor francês.


Abigail Van Buren foi uma colunista americana.

      Henry Ford (1863-1947) foi um industrial americano,
               fundador da indústria de automóveis Ford.



Nicolas Boileau (1636-1711) foi um crítico e poeta francês.
 No caso de Tiririca foram um milhão, trezentos e cinquenta mil,
                     quatrocentos e trinta e oito Tolinhos.

sábado, 23 de outubro de 2010

Como acessar as suas informações em qualquer lugar? Opera Unite!


-
A versão 10 do navegador Opera trouxe um aplicativo pouco conhecido e (por consequência) pouco utilizado pelo grande público: o Opera Unite! A ideia do Opera Unite é o compartilhamento dos seus arquivos com você mesmo em locais diferentes. Assim, o Opera se torna um gestor de mídia, provendo acesso ao seu conteúdo onde quer que você esteja.
Ativação do Opera Unite no seu navegador.
O acesso é restrito por senha, e, portanto, seu conteúdo não fica exposto para todos na internet, mas você pode (da mesma forma que com o Winamp Remote) compartilhar arquivos para streaming com seus amigos por meio de links, sem a necessidade de utilização de senhas (alterando suas configurações de segurança).
Criação de endereço para a biblioteca de mídia remota.
Para acessar o conteúdo do seu computador remoto, após criar a sua conta e inserir o nome do computador, acesse (no computador remoto) o endereço do seu PC com a base de dados musical. Você precisará entrar com a senha fornecida pelo sistema para encontrar suas músicas (não é a mesma senha do login).
Senha de acesso do Opera Unite.
A senha é facilmente encontrada na parte do Media Player, na mesma região em que se encontra o endereço do servidor, mas um pouco para baixo. Está dentro de uma caixa rosa.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

E-books de programação

"Página com inúmeros e-books de programação com arquivos paradownload em formato PDF.
Vale a pena dar uma olhada. Um porém é que os arquivos são em inglês.

Link: http://www.e-booksdirectory.com/programming.php
Tem para Java, C/C++, C#, PHP, e muitas outras coisas de programação."

domingo, 17 de outubro de 2010

Chamada da OI


Toca o telefone...
Alô. 
- Alô, poderia falar com o responsável pela linha? 

Pois não, pode ser comigo mesmo.

- Quem fala, por favor? 


Edson.

- Sr. Edson, aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção OI linha adicional, onde o Sr. tem direito... 


Desculpe interromper, mas quem está falando? 
- Aqui é Roselaine, da OI, e estamos ligando... 

Roselaine, me desculpe, mas para nossa segurança, gostaria de conferir alguns dados antes de continuar a conversa, pode ser? 
- Bem, pode.. 

De que telefone você fala? Meu bina não identificou.

- 10331. 


Você trabalha em que área, na OI? 
- Telemarketing Pro Ativo. 

Você tem número de matrícula na OI? 
- Senhor, desculpe, mas não creio que essa informação seja necessária.
Então terei que desligar, pois não posso ter segurança que falo com uma funcionária da OI. São normas de nossa casa. 
- Mas posso garantir.... 

Além do mais, sempre sou obrigado a fornecer meus dados a uma legião de atendentes sempre que tento falar com a OI. 
- Ok.... Minha matrícula é 34591212. 

Só um momento enquanto verifico. 

(Dois minutos depois)

Só mais um momento

(Cinco minutos depois)

Senhor?

Só mais um momento, por favor, nossos sistemas estão lentos hoje. 

- Mas senhor...

Pronto, Roselaine, obrigado por ter aguardado. Qual o assunto? 


- Aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção, onde o Sr. tem direito a uma linha adicional. O senhor está interessado, Sr. Edson?

Roselaine, vou ter que transferir você para a minha esposa, porque é ela que decide sobre alteração e aquisição de planos de telefones. 


- Por favor, não desligue, pois essa ligação é muito importante para mim. 
(coloco o telefone em frente ao aparelho de som, deixo a música Festa no Apê do Latino
tocando no Repeat (quem disse que um dia essa droga não iria servir para alguma coisa?), depois de tocar a porcaria toda da música, minha mulher atende:

Obrigado por ter aguardado.... pode me dizer seu telefone pois meu bina não identificou.. 

- 10331. 

Com quem estou falando, por favor.

- Roselaine


Roselaine de que?

- Roselaine Oliveira (já demonstrando certa irritação na voz). 


Qual sua identificação na empresa?

- 34591212 (mais irritada agora!). 


Obrigada pelas suas informações, em que posso ajudá-la?

- Aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção, onde a Sra tem direito a uma
linha adicional. A senhora está interessada?

Vou abrir um chamado e em alguns dias entraremos em contato para dar um parecer,
pode anotar o protocolo por favor.....alô, alô! 

TUTUTUTUTU...

Desligou.... nossa que moça impaciente!


SE ESSA MODA PEGAR ... AGORA É A NOSSA VEZ GENTE!!! KKKKKKKKKKK

Mito ou verdade: recarregar a bateria muitas vezes ao dia estraga o aparelho utilizado?


-Desvendamos os segredos por trás deste mito que tanto assusta donos de notebooks e smartphones.

Uma das dúvidas mais recorrentes de quem acabou de adquirir um aparelho com baterias recarregáveis está relacionado a formas de prolongar a vida útil do dispositivo. Afinal, ninguém gosta de ver o tempo de carga de seu dispositivo acabando em um ritmo cada vez mais rápido, tornando obrigatório levar um carregador de um lado para o outro.
Infelizmente, quando se trata da manutenção de baterias, o nível de desinformação encontrada é muito grande. Uma simples pesquisa em sites de busca indicam as mais diferentes soluções para prolongar a vida de dispositivos e até mesmo reviver aparelhos dados como mortos.
Mas afinal, será que recarregar constantemente a bateria de meu notebook vai danificar o aparelho? Qual a melhor forma de guardar a bateria reserva de um celular que não será utilizada durante um bom tempo? E é verdade que basta aquecer ou congelar uma bateria para que ela reviva milagrosamente?
São essas e outras perguntas comuns que o Baixaki responde neste artigo. Fique ligado, pois além de desvendarmos os mistérios por traz desses mitos, fornecemos dicas valiosas para manter suas bateria sempre cheias, ao mesmo tempo em que se prolonga a vida útil de aparelhos.

Desvendando o mito

Antes de nos aprofundarmos na forma como baterias funcionam, é preciso responder à pergunta que dá título ao artigo: recarregar constantemente o aparelho não só não o estraga, como é o método recomendado pelos fabricantes. Dessa forma, quem deixa dispositivos conectados muito tempo à uma tomada não precisa se preocupar em perder desempenho ou com possíveis danos causados pelas constantes recargas.
Vale mencionar que até alguns anos atrás a resposta seria totalmente diferente, devido ao chamado efeito memória, muito comum em aparelhos com mais idade. Antigamente, as bateria utilizadas eram feitas de Níquel-Cádmio, uma tecnologia menos eficiente e que costumava apresentar vários problemas em caso de recargas recorrentes.
O efeito memória funciona da seguinte forma: quando um aparelho era recarregado, a bateria se lembrava da carga inicial e a considerava como o ponto zero. Assim, se você recarregasse o aparelho com 80% da carga, eram grandes as chances de que, em pouco tempo, só fosse possível utilizar os 20% restantes da bateria – o que significa muito pouco tempo de uso e a dependência da conexão com uma fonte de energia externa. Dessa forma, a melhor maneira de prolongar a vida dos aparelhos era sempre recarregá-los somente quando não houvesse mais energia.
Com as baterias baseadas em Íon-Lítio (que equipam praticamente a totalidade dos aparelhos portáteis atuais), o efeito memória desapareceu completamente. Isso significa que não importa se a bateria está com 40% ou 70% de vida – a recarga pode ser feita sem nenhum problema ou perda de desempenho. Inclusive o recomendado é deixá-la o mais próximo da carga total sempre que possível.

Como prolongar a vida da uma bateria de Íon-Lítio

Agora que ficou claro que, em se tratando de baterias atuais, recarregá-las constantemente não apresenta nenhum dano, é hora de falar um pouco sobre como funciona a tecnologia Íon-Lítio. Antes de qualquer outra informação, é preciso saber que baterias do tipo ainda não amadureceram totalmente, e cientistas testam constantemente novas combinações de produtos químicos para aumentar sua eficiência e tempo de duração.
Baterias de Íon-Lítio funcionam através de ciclos de recarga (com média que fica entre 300 a 500 recargas, dependendo do tipo de aparelho utilizado). Cada vez que o dispositivo é descarregado totalmente, perde-se um ciclo de vida útil – em teoria uma bateria do tipo só precisa ser substituída após o usuário descarregá-la totalmente 500 vezes. Ou seja, caso se siga o mesmo procedimento necessário nas baterias de Níquel-Cádmio, em pouco tempo seus aparelhos só funcionarão conectados a uma fonte de energia.
Dessa forma, o ideal é que você recarregue constantemente sua bateria, mesmo que ela ainda possua uma boa quantidade de carga. Portanto, não precisa se preocupar em deixar seu celular com 60% de carga conectado ao carregador meia hora antes de sair de casa – inclusive esse é o tipo de procedimento recomendado pela maioria dos fabricantes.
O problema que pode ocorrer devido à recarga constante dos aparelhos está na exibição do nível de carga. Isso é comum, principalmente em celulares e notebooks, que podem indicar um nível maior ou menor de carga do que aquele realmente disponível. Isso pode ser resolvido de maneira fácil, basta descarregar totalmente a bateria do aparelho para recalibrar o medidor dos dispositivos. O recomendado é que esse processo seja feito uma vez a cada três meses, evitando assim maiores problemas.
Em geral, uma bateria de Íon-Lítio conservada em condições ideais dura entre dois  a três anos de uso constante. Isso acontece devido aos processos químicos naturais que acontecem nos dispositivos e que aumentam sua resistência interna devido à oxidação. Eventualmente, a resistência atinge um ponto em que a bateria não é mais capaz de fornecer energia, mesmo que possua carga interna disponível.
Por esse motivo, é comum que baterias durem mais em dispositivos que exigem pouco consumo de energia. Afinal, neles não é preciso que a taxa de transferência de energia seja muito alta, o que possibilita seu uso mesmo quando a resistência interna é muito grande. O aumento da resistência interna é mais comum nas baterias Íon-Lítio que utilizam cobalto em sua composição, caso de smartphones, câmeras fotográficas e computadores portáteis.
Já aquelas baseadas em manganês (utilizadas em ferramentas elétricas, por exemplo) possuem uma carga energética menor, mantendo a resistência interna em níveis estáveis – nesse caso, a perda de vida útil se dá pela decomposição química de elementos internos.

Calor, o grande inimigo das baterias

Agora que você sabe que não é preciso descarregar totalmente um dispositivo antes de recarregar a bateria, deve estar pensando: então não tem problema eu manter um aparelho conectado o tempo toda à tomada e só desconectá-lo na hora de sair de casa, certo? Bom, em teoria sim, mas na prática não é bem o que acontece.
Embora em matéria de ciclos de vida não haja nenhum problema em manter um dispositivo totalmente carregado conectado à tomada, é preciso levar em conta que o fluxo constante de energia tende a aquecer o aparelho. Comprovar isso é uma tarefa muito fácil, especialmente se você possui um notebook – ao comparar a temperatura de um aparelho desconectado a um em processo de carregamento é fácil notar a diferença de temperatura.
Basta lembrar das aulas de química ministradas em qualquer colégio para saber que o calor funciona como um dos mais eficientes catalisadores da natureza. Ou seja, quanto maior a temperatura de uma bateria, maior a velocidade com que ocorrem seus processos químicos naturais - o resultado é um dispositivo que utiliza ciclos de vida em uma velocidade maior do que a normal.
Dessa forma, manter um aparelho conectado constantemente a uma tomada pode significar perder em pouco tempo sua capacidade de recarga, forçando o usuário a investir em uma bateria substituta. Por isso, o recomendado é retirar a bateria sempre que o plano for utilizar o aparelho durante longos períodos conectados a uma fonte de energia – conselho especialmente válido para donos de notebooks. Nessas horas é preciso optar entre o risco de perder dados não salvos em caso de uma queda de energia ou ver a vida útil da bateria diminuir em ritmo acelerado.

Dicas para prolongar a vida útil

Agora que já se tem uma ideia básica de como uma bateria de Íon-Lítio funciona durante o processo de recarga, é possível programar o uso dos aparelhos para obter o máximo de vida útil possível. Note que não há remédio para recuperar baterias desgastadas por processos químicos – em geral, esquentá-las um pouco diminui a resistência interna e permite acessar a energia armazenada, mas basta voltar à temperatura normal para o problema retornar.
Abaixo, seguem algumas dicas simples que ajudam a prolongar o tempo de uso de sua bateria e que evitam ter que substituí-las antes do período programado durante sua produção.

Recarregue constantemente seus aparelhos

A primeira dica tem tudo a ver com o título do artigo: a melhor maneira de manter seus aparelhos saudáveis é recarregá-los constantemente, de preferência muito antes de sequer pensar em acabar a bateria. Além de permitir que você os utilize durante um tempo mais prolongado, o processo evita o desperdício de importantes ciclos de vida.
Porém, lembre-se de que a descarga completa de um dispositivo é necessária para calibrar o medidor de energia de aparelhos. Dessa forma, recomenda-se descarregar totalmente um aparelho a cada três meses, para evitar qualquer tipo de problema nos indicadores. Em geral, esse ritmo é mais do que suficiente para manter a saúde de sua bateria.

Evite o calor a todo custo

Como já foi exposto durante o artigo, temperaturas elevadas são os principais inimigos de sua bateria. Afinal, elas aceleram o processo de desgaste dos dispositivos e podem resultar em acidentes mais graves, como incêndios.
Além de retirar a bateria de um aparelho sempre que ela atingir 100% de carga e uma fonte de energia continuar conectada, evite utilizar o aparelho em espaços pouco ventilados ou deixá-lo armazenado junto a fontes de calor. Assim,  você prolonga o tempo de vida da bateria e evita a ocorrência de problemas mais graves que podem por em jogo um dispositivo valioso.

Guarde baterias em um local adequado

Essa dica é especialmente importante para quem mantém uma bateria extra para momentos de necessidade ou precisa armazenar dispositivos durante muito tempo sem uso. Como o circuito de proteção de uma bateria precisa de um pouco de energia para operar corretamente, nunca se deve deixá-la guardada sem carga alguma.
Algumas baterias de Íon-Lítio falham ao ficar muito tempo com a carga mínima, que no geral gira entre 2,5 Volts por célula. Caso esse limite mínimo seja ultrapassado, o circuito de segurança interno deixa de funcionar corretamente e indica que a bateria está morta, situação na qual os carregadores comuns de nada servem. Alguns fabricantes dispõem de alternativas que recuperam dispositivos nesse estado, mas em geral é perigoso tentar fazer o processo sozinho por questões de segurança.
O ideal é que, ao guardar uma bateria, ela esteja com cerca de 40% de sua carga total disponível. Após um determinado período de tempo, é comum que ela perca um pouco dessa capacidade devido ao circuito de proteção – por isso, quando for utilizá-la novamente, o recomendado é deixá-la carregar totalmente antes de utilizar o dispositivo desejado.
Também procure deixá-la em um ambiente arejado, evitando assim qualquer problema de superaquecimento. Afinal, mesmo durante os momentos de repouso de um aparelho os processos químicos de uma bateria continuam agindo de maneira constante – quanto mais amena a temperatura, menor o ritmo com que eles ocorrem e, consequentemente, maior a vida útil total do dispositivo.

Veja também nesse Blog: Dicas para melhorar a vida útil e duração da bateria do seu notebook ou laptop, portátil,celular e iPod
-

sábado, 16 de outubro de 2010

Como colocar legendas nos seus filmes e vídeos para gravá-los em DVD

-Confira o passo a passo de como fazer para gerar arquivos de vídeo com legenda embutida.

Fonte: http://www.baixaki.com.br/info/631-como-colocar-legendas-nos-seus-filmes-e-videos-para-grava-los-em-dvd.htm


Se você já baixou algum filme ou vídeo na internet, já deve ter se deparado com arquivos em que a legenda e o vídeo estão separados. O formato é um dos mais populares na web e não é problema algum caso você pretenda apenas assistir a eles no PC.
No entanto, na hora de gravar um arquivo como esse em um DVD ou mesmo assistir na TV, pode ser que você encontre algum problema. Uma das maneiras para solucionar a questão é embutir a legenda no vídeo, gerando um novo arquivo final. O Baixaki ensina o passo a passo para você fazer esse procedimento sem ter muito trabalho.

Pré-requisitos

Para embutir uma legenda em um arquivo de vídeo, vamos utilizar neste tutorial o aplicativo AVI ReComp. Completamente gratuito e com a interface em português, você verá como seu funcionamento é extremamente simples e prático. Por isso, antes de começar, baixe e instale o software.
Avi ReComp
Como o próprio nome indica, o aplicativo trabalha com arquivos no formato AVI. Então para realizar este passo a passo, tenha em seu PC um arquivo desse formato, bem como um arquivo de legenda, na extensão SRT.

Embutindo legenda em vídeos

Depois de instalado, abra o AVI ReComp e selecione a primeira guia no topo da tela, chamada “Origem & Destino” (1). Dentro dela localize a opção “Abrir AVI” (2) e clique sobre ela. Uma nova caixa de diálogo será aberta e nela você deve localizar em qual vídeo deseja incluir a legenda.
Primeiro passo
Em seguida repita o procedimento no campo abaixo clicando sobre o botão “Salvar AVI” (3). Nesse passo você indicará em qual pasta o arquivo final será salvo. Lembre-se de escolher um nome diferente do arquivo original.
Por padrão o aplicativo mantém o tamanho original do arquivo inicial. Porém, caso queira, você pode alterá-lo na opção “Tamanho do AVI”. Basta definir em MB um número maior do que o arquivo original.
Segundo passo
No próximo passo clique na guia “Adicionais” (4). Dentro dela localize a opção “Legendas”. Marque os dois campos “Habilitar / Desabilitar” e “Auto-Load” (5). Clique no botão “Abrir Legenda” e localize o arquivo no formato SRT que deseja embutir no vídeo em questão.
Terceiro passo
Feito isso, localize a opção “Fila” (6), nas guias do topo da tela. Dentro dela clique na opção “Adicionar a fila” (7) para que o novo arquivo entre em processo de execução. Você pode clicar em “Preview” para visualizar como ficará o resultado final antes de concluído o processo.
Resultado final: arquivo único com legenda embutida.
Se estiver tudo certo, clique sobre o botão “Iniciar” (8) e aguarde o final do processo. O tempo de gravação vai variar de acordo com o tamanho do arquivo. Verifique se o arquivo está correto na pasta que você indicou no passo (3).
Se a sua TV tem entrada USB, você pode gravar o arquivo com a legenda embutida em um pendrive e assitir a ele com tranquilidade em uma tela maior. É possível também copiar o arquivo de vídeo mais a legenda, desde que salvos na mesma pasta e com o mesmo nome, para serem executados na TV, mas essa opção não permite que você edite as legendas. Ou seja: você vai vê-las nas cores e tamanhos pré-determinados pelo aparelho.

Descubra quais são os antivírus mais confiáveis – agosto de 2010

-
Relatório da AV-Comparatives revela quais são os melhores antivírus com base em diversos testes. Será que o seu programa favorito é ideal para sua proteção?


Fonte:  http://www.baixaki.com.br/info/5881-descubra-quais-sao-os-antivirus-mais-confiaveis-agosto-de-2010.htm




AV-Comparatives
Duas vezes por ano a AV-Comparatives realiza análises para identificar quais aplicativos estão preparados para as ameaças mais recentes da internet. A empresa austríaca, especializada em testes com antivírus, cria situações bem complexas que estressem os softwares ao máximo.
Existem dois tipos de testes realizados pela empresa: o pró-ativo e o completo. O primeiro analisa apenas as detecções que o antivírus realiza durante a atividade normal do sistema. Já o segundo é um teste mais rígido e coloca toda a fama dos programas em jogo. O relatório que compartilhamos hoje com vocês é sobre o teste completo.
Como presumível, o teste mais rígido da AV-Comparatives verifica o nível de detecção de malwares em um computador infestado pelos mais diversos tipos de pragas. A análise completa é efetuada em um PC preparado especialmente para os testes. Depois de configurar o sistema operacional e os programas antivírus, os realizadores dos testes inserem as pragas nas máquinas.

Os testes

Para resultados expressivos, a AV-Comparatives utilizou mais de 21 mil vírus comuns, aproximadamente 123 mil worms, incríveis 626 mil trojans e outras pragas que resultaram em:  917.292 arquivos contaminados. Os testes de agosto de 2010 foram realizados com os seguintes produtos:
Nota: o documento completo com a metodologia (apenas em inglês) da AV-Comparatives pode ser acessado através deste link.

Resultados de agosto

Resultados de agosto
Resultados obtidos / Fonte: AV-Comparatives
Como é possível observar, o melhor desempenho novamente foi do antivírus G DATA, que obteve o maior percentual de ameaças encontradas.

Comparativo com resultados de fevereiro

Comparativo
Resultados obtidos / Fonte: AV-Comparatives
Você pode acessar o PDF original (apenas em inglês) com os dados de fevereiro através deste link.

Um novo rumo para os antivírus

Tendo em mãos os novos resultados divulgados, realizamos uma entrevista com Daniel Parra, Gerente de Marketing e Relações Públicas da BitDefender no Brasil. Na ocasião, aproveitamos a oportunidade para ver qual o posicionamento de uma conceituada empresa do ramo em relação às constantes ameaças da web e à introdução das pragas nos portáteis. Confira a entrevista:

Baixaki

“Os avanços da web resultaram no aumento da presença de vírus em sites. Ao mesmo tempo, as pessoas começaram a usar muito mais os serviços da internet, o que gerou altos riscos para os usuários. A BitDefender tem em mente alguma estratégia de combate contra os vírus presentes em sites?”

BitDefenderDaniel Parra

“A respeito desse problema cada vez mais evoluído e expandido, difícil de prever e mensurar, a BitDefender incluiu em 2011 recursos direcionados ao Orientador de Pesquisas, um mecanismo com algumas medidas que dão proteção de forma precisa aos navegantes da internet.
A BitDefender bloqueia a navegação em sites contaminados ou condicionados a ter algum tipo de vírus, por exemplo os que tentam tirar suas informações confidenciais. Outros servidores permitem o acesso aos mais variados sites e revogam a marcação de página “não confiável”. 
O Orientador de Pesquisas da BitDefender também funciona com qualquer tipo de servidor e verifica os resultados de pesquisa apresentados pelas buscas mais populares da web. Ele coloca um pequeno ícone de status antes do link ser aberto, avisando o internauta que pode ser um site perigoso.
A BitDefender detecta e impede as tentativas de mudar arquivos importantes do sistema ou de novas entradas no registro do computador. Também adverte sobre ataques por injeção de código (injeção DLL). A constante melhora na detecção de vírus é fundamental para uma boa defesa contra os malwares.“

Baixaki

“Os dispositivos portáteis são muito populares, mas ainda não há um sistema dominante, como nos computadores. A BitDefender tem alguma intenção de criar um antivírus especializado nesse ramo também?”

BitDefenderDaniel Parra

“Apesar de os Assistentes Pessoais Digitais (os PDAs) ainda serem escassos, o malware pode ainda virar alvo de plataformas, como Symbian™ ou Microsoft® Windows Mobile™, uma vez que esses sistemas representam a maior fatia dos celulares do mercado.
Essas aplicações geralmente infectam os sistemas operacionais hospedeiros seja por meio de instalações feitas pelo usuário (como jogos ou outros instrumentos de mídia provindos de downloads de sites não oficiais) ou por meio de um acesso a um site perigoso feito por celular.
Há várias ameaças sobre os smartphones: os vírus trojans podem interferir no sistema, registradores de teclados podem gravar seus dados, vírus podem se espalhar de um sistema para outro via Bluetooth ou até pedidos por SMS.
A BitDefender Mobile Security é uma solução designada para os usuários da internet que acessem a web pelo celular com o Symbian™ ou o Microsoft® Windows Mobile™. Uma solução de segurança para telefones móveis tem que ser suave, de fácil uso e que dê proteção.
A BitDefender Mobile Security possui as mesmas características que o antivírus de um computador comum, mas em menor escala, com o objetivo de servir às capacidades técnicas de um celular.
Essa solução de antivírus portátil proporciona os seguintes recursos: proteção permanente, limpeza e remoção de vírus constantemente, consumo de poucos recursos, atualizações mais rápidas com o General Packet Radio Service (GPRS, um serviço que permite o envio de dados por celular) ou via PC e, claro, precisa ser instalado e usado calmamente.
Com a finalidade de ficarem seguros, os usuários do PDA devem tomar todas as medidas de segurança enquanto usam seus computadores ou laptops. Eles devem evitar visitas a URLs suspeitos pelos celulares, mas acima de tudo, devem fazer atualizações de seus sistemas operacionais para gerar uma experiência mais agradável e livre de futuros problemas.”

Baixaki

“Como um profissional que atua na área do antivírus, você acredita que as ameaças aumentaram muito? Os riscos são mais prejudiciais aos usuários?”

BitDefenderDaniel Parra

“Hoje em dia, há muito mais aplicações mal-intencionadas que legítimas. Isso pode soar como uma surpresa para alguns. É algo complexo que gera preocupação e há duas direções diferentes a serem discutidas. Por um lado, há muitos cibercriminosos que escolhem ferramentas simples e maldosas (como Adwarerogue AVphishing), mais manipuláveis e que trazem muito dinheiro num curto período de tempo.
Por outro lado, cibercriminosos podem trabalhar muito em melhorias de seus spams, equipando-os com rootkits (trojans que alguns antivírus não conseguem detectar) mais resistentes e mais difíceis de ser eliminados e detectados. Essas ferramentas mais sofisticadas, uma vez lançadas na web, buscam maiores quantias de dinheiro de pessoas de todo o mundo, e infelizmente, os usuários tornam-se vítimas de golpes muito facilmente.
Atualizar e melhorar sua solução AV e o sistema de operação são chaves para a navegação na internet. O risco é alto, porque a maioria dos criadores de malwares está atrás de dinheiro fácil.Adwarerogue AVbanhers (que são as armas mais usadas no Brasil), ataques por phishing,scams, engenharia social, você pode nomear todos — são todas ferramentas de ganho fácil.”

Baixaki

“Na sua opinião, qual o pior tipo de ameaça da web?”

BitDefenderDaniel Parra

“Essa é uma pergunta difícil. Não há uma resposta geral para ela. Há diferentes ameaças contra diferentes alvos da internet, causando irregularidades contra as vítimas. De toda forma, de tempos em tempos, usuários têm que enfrentar alguns obstáculos, como o CodeRedStorm WormDownadup, e mais recente, o ZeuS e o Stuxnet.
Ainda que esses sejam notórios e apareçam em jornais de vez em quando, o pior tipo de ameaça é, na verdade, aquele que consegue roubar informações confidenciais, comprometendo a imagem de alguém ou enganando e roubando o dinheiro de um usuário por meio da web.“

Tome cuidado e escolha um bom antivírus!

Os vírus são problemas inevitáveis e que podem pegar qualquer um de surpresa. Optamos por publicar os resultados da AV-Comparatives para exibir um pouco do que atuais antivírus são capazes. Evidentemente, este teste reflete uma análise técnica rigorosa, a qual pode ser muito útil na escolha do software que você vai usar. Confira o selo concedidos para cada antivírus:
Resultados finais
Resultados obtidos / Fonte: AV-Comparatives
Devemos frisar que apenas estes resultados não são suficientes para você decidir qual antivírus é o melhor para seu PC, afinal, eles levam em consideração apenas o  percentual de detecção de ameaças e não a usabibilidade ou o peso dos antivírus em cada computador.
A verdadeira análise será realizada por você, sendo recomendável o download de alguns softwares e um teste prolongado para estabelecer uma conclusão se determinado programa satisfaz suas expectativas ou não.
Reforçamos a importância de sempre estar atento ao Baixaki, estamos ligados em cada relatório preparado pela AV-Comparatives para trazer as informações mais frescas do mercado de antivírus para você se manter protegido.
Enfim, tenha em mente que um antivírus é essencial para quem utiliza o sistema Windows, ainda mais para quem necessita de privacidade e segurança para documentos importantes. Boa sorte com as pragas virtuais!

Veja também: