Páginas

Pesquisar este blog

sábado, 4 de outubro de 2008

Artista cria morte de personagens de desenho animado

Por Redação Yahoo! Notícias

http://br.noticias.yahoo.com/s/081003/48/gjt6ss.html

Ei, o que é que há velhinho? Há miolos do Patolino por todos os lados, isso sim! Calma, não é piada. É uma exposição do artista artista inglês James Cauty, na Aquarium Gallery, em Londres.

Em "Splatter", o artista e seu filho de 15 anos reproduzem o que seriam as mortes dos desenhos animados como Perna Longa, Patolino, Tom & Jerry, Pipi-piu e Frajola.

Na mostra, o artista muda a ordem natural dos desenhos e finalmente Tom pega o Jerry, e o gato Frajola devora o Piu-piu.

Os quadros da mostra lembram o desenho preferido do personagem Bart Simpson: "Comichão E Coçadinha", em que um gato e um rato matam um ao outro o tempo todo.


http://d.yimg.com/br.yimg.com/pi/news/081003/ydownload/i/ca-1e16460876711336fac175a5223429b8.jpeg?x=240&y=345&sig=Gqc4Ama6VBbmXB2O7IEW_w--

http://d.yimg.com/br.yimg.com/pi/news/081003/ydownload/i/ca-3b8acf76634664a711169f418dbf337e.jpeg?x=237&y=345&sig=h4j36tadcQDALyVw4euNeg--

http://d.yimg.com/br.yimg.com/pi/news/081003/ydownload/i/ca-344a6b69ca815b4a5857565108edf245.jpeg?x=240&y=345&sig=W8sy.oa4uyOI9tWOwBz9gQ--

http://d.yimg.com/br.yimg.com/pi/news/081003/ydownload/i/ca-92bdc1814f3b40437a1c33f7fe42029b.jpeg?x=241&y=345&sig=D98DK3Q068PVqMuJ5Z9sSQ--

Truques do Gimp: Como fazer maquiagem, como batom, blush e sombras.

-
-
Por Eduardo Karasinski
segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Fonte: http://baixaki.ig.com.br/img/logo.gif
Você tirou uma foto e esqueceu de passar maquiagem? E queria pelo menos dar uns retoques para a foto não ficar muito sem graça? Mas você pode fazer isso, graças aos editores de imagem. Hoje você irá aprender alguns truques básicos no Gimp, para dar a ilusão de maquiagem. Você notará que, na maioria das vezes, serão usadas camadas.

1. Primeiro de tudo, abra a sua foto no Gimp e crie uma Nova Camada.
Abra a sua foto.
2. Vamos tentar começar pelo batom. Dê um zoom na região da boca e selecione a Ferramenta de Vetores.
Dê um zoom e selecione a ferramenta de vetores.
3. Agora comece a marcar, ponto-a-ponto, de maneira que delimite toda a boca.
Marque ponto-a-ponto a boca.
4. No menu do topo, vá em Seleção > Do Vetor.
Selecione por vetor.
5. Pinte dentro da seleção com a cor que você preferir, já que será a cor do batom.
Pinte dentro da seleção.
6. Mude o Modo da camada para Cor, e diminua a Opacidade, para não ficar muito artificial. Em torno de 55% de opacidade já está bom.
Mude o modo para cor e altere a opacidade.
7. Para dar o efeito de brilho nos lábios, crie uma Nova Camada, que tenha o Modo de Luz Suave. Então, pegue um pincel suave, diminua a opacidade dele para algo em torno de 20 ou 30% e pinte utilizando a cor branca no meio dos lábios com cuidado.
Diminua a opacidade do pincel e passe sobre os lábios.
8. Para fazer o blush, basta que você crie uma nova camada no Modo Cor, selecione um pincel suave da cor vermelha (por exemplo) e o utilize sobre as bochechas. A opacidade da camada de blush também pode ser diminuída para melhorar a aparência.
Pinte as bochechas com uma camada de cor.
9. Agora vamos nos concentrar em pintar as sobrancelhas e os cílios (você pode usar zoom para facilitar a tarefa). Selecione a Ferramenta de Sub/Super-Exposição e certifique-se de que a opção de Super-Exposição esteja marcada logo abaixo.
Pincel de super-exposição.
10. Basta ir passando o Pincel de Super-Exposição sobre algumas regiões, como em cima da sobrancelha e em volta do olho, para dar a impressão do uso de lápis. A intensidade pode ser controlada ao lado, ou você pode ir passando o pincel em cima várias vezes.
Passe o pincel de super-exposição sobre o olho.
11. As sombras sobre o olho podem ser feitas da mesma maneira com que foi feito o blush (criando uma camada de Cor e pintando da cor que você quer).
Pinte as sombras como quiser.
Entretanto, se você quiser, pode "brincar" com a camada da sombra, modificando o Modo e a Opacidade, tentando combinações diferentes.
Sem maquiagem / com maquiagem.
Agora que você aprendeu alguns conceitos básicos de maquiagem artificial pelo Gimp, basta praticar e logo você verá que o único limite é a sua criatividade.


Fonte:
www.baixaki.com.br

Veja também: Como rejuvenescer no Gimp

Veja mais postagens do Gimp aqui

Redimensionando imagens no Paint.net

Por Danilo Amoroso
segunda-feira, 4 de agosto de 2008


Fonte: http://baixaki.ig.com.br/img/logo.gif

Digamos que você tem uma foto muito boa e deseja usá-la no Orkut, MSN ou qualquer outro serviço. Porém, esta imagem é muito grande ou você quer usar apenas um detalhe dela. O que fazer? Veja como não é necessário ter o Photoshop ou qualquer outro editor pesado ou profissional. O Paint.net, por exemplo, pode fazer isso para você.

Para diminuir o tamanho de uma imagem, a alternativa mais simples é salvá-la novamente através deste editor, sem alterar nenhum valor de pixel da imagem original. Para isso,carregue a imagem no Paint.net e acesse a opção "Salvar como" do menu "Arquivo".

Basta salvar o arquivo novamente para diminuir seu tamanho.

O Paint.net, antes de salvar o arquivo, mostra-lhe uma caixa de diálogo na qual você define o tamanho dele.

Ajuste o indicador

Porém, também é possível reduzir o tamanho de uma imagem através do redimensionamento de seus valores de pixels e outros. Você pode especificar porcentagem relativa ou o índice absoluto de pixels para chegar no tamanho desejado.

Para isso, acesse a opção "Redimensionar" do menu "Imagem".

Acesse esta opção para alterar valores da imagem.

Se a opção "Manter a taxa de proporção" estiver marcada, a imagem será modificada sempre proporcionalmente, ou seja, sem esticar nem encolher nada.

A caixa para determinações dos valores da imagem.

As quatro ferramentas de seleção do Paint.net.Para aproveitar somente uma parte da imagem, o Paint.net oferece quatro ferramentas de seleção. A mais simples é a seleção retangular, acessível através da barra de ferramentas ou da tecla S.

Selecione esta ferramenta. Em seguida, selecione o detalhe que você quer da foto em formato de quadrado. Copie a seleção através do menu "Editar" ou do atalho Ctrl+C.Cole-a em uma nova imagem, utilizando o mesmo menu ou então o atalho Ctrl+V. Salve o novo arquivo normalmente.

Fonte:

www.baixaki.com.br


Truques do GIMP: Transforme seus amigos em Aliens

Por Fabio Roberto Machado Jordão
sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Fonte: http://baixaki.ig.com.br/img/logo.gif

A diversão rola solta com as edições de imagem, e com os mais variados efeitos que são possíveis aplicar com o GIMP. Falando em efeito, já imaginou se fosse possível utilizar os efeitos do GIMP para transformar o rosto dos seus amigos em rostos aliens? Realmente é possível fazer isso, e o Baixaki lhe explica detalhadamente o que fazer para pregar aquela peça nos seus amigos.

Primeiramente escolha uma foto do seu amigo, de preferência que tenha um bom cenário de fundo, e que mostre nitidamente o rosto dele. Em nosso exemplo utilizamos a foto abaixo.

Foto ideal para edição

Após abrir a foto no GIMP, vá até o menu "Filtros", escolha a opção "Distorçoes" e selecione o filtro "Deformação Interativa...".

Deformação Interativa...

A janela do filtro "Deformação Interativa..." é aberta, e agora você deve aprender a utilizar o filtro. Note que ao lado esquerdo você vê a imagem a ser editada, e a direita da janela vê diversas opções de regulagem.

Utilize Mover, Aumentar ou Encolher

Em "Tipo de Deformação" você só usará três tipos: Mover, Aumentar e Encolher. Para começar a alterar sua foto, selecione o tipo de deformação Mover. O "Raio de deformação" deve ficar em 25 e o "Quanto deformar" deve ficar com o valor 0,20. Após selecionar estes valores, você deve suavemente começar a aplicar a deformação na parte superior da cabeça, e espalhando todos os lados iguais.

Raio e Quanto deformar

Tenha cuidado para não aplicar deformação em excesso, pois não há opção para desfazer o último passo. Após aplicar uma quantia moderada e alargar a cabeça do seu amigo, você agora deverá selecionar em "Tipo de Deformação": Aumentar. Modifique o raio para 70 e mantenha a quantia de deformação. Aplique o filtro agora na mesma região da cabeça: perto da testa e dos olhos.

Selecione Aumentar

Modifique o valor do Raio

Para definir melhor a forma da cabeça do seu amigo, você deverá afinar o queixo dele. Portanto modifique o "Tipo de Deformação" para: Encolher. Escolha o raio de 35 e mantenha a quantia de deformação. Aplique agora o filtro na região da boca. Porém não exagere no filtro, pois do contrário ficará muito esquisito.

EncolherRaio de deformação 35

Neste momento sua imagem deve estar parecida como a exibida abaixo.

Primeira Prévia

Na foto escolhida para nosso teste não foi preciso aumentar os olhos, mas na sua certamente será preciso. Portanto mude o "Tipo de Deformação" para Aumentar e o raio para 25. Agora aplique precisamente sobre os olhos do seu amigo. Se você preferir deformar mais ainda, afine mais o nariz.

Agora chegou o momento de editar a cor do seu amigo, para isso, selecione somente a cara dele, utilizando a "Ferramenta de Seleção com a Tesoura". Caso não saiba utilizar a ferramenta veja o nosso tutorial "Truques do GIMP: Como recortar qualquer elemento ou imagem de suas fotos com o GIMP". Após isto você deve averiguar: se sua foto é totalmente colorida, ou preto e branco (monocromático).

Para editar as cores do rosto do seu amigo, você deve ir até o menu "Cores" e clicar em "Colorizar". Em nosso teste modificamos o valor de matiz para: 120. Entretanto, se sua foto é colorida, você terá de utilizar outro valor, o qual você irá descobrir movimentando a barra de matiz.

Selecione o valor de Matiz

Se houver mais áreas onde apareça a pele do seu amigo, selecione-as e modifique com o mesmo valor de matiz. Agora para realçar mais o aspecto verde de alienígena, você deve selecionar a mesma área do rosto. Vá novamente ao menu "Cores" e selecione os mesmos valores que você visualiza abaixo.

Mude os valores de cor

Após todo este trabalho, sua foto deve ficar parecida com a nossa. Se você caprichar, ou pegar uma foto e aumentar os olhos, a foto ficará muito mais legal!

Resultado final!


Fonte:

www.baixaki.com.br

Conheça os recursos oferecidos pelos antivírus gratuitos mais famosos.

Por Rodrigo Vaz de Jesus
quarta-feira, 30 de julho de 2008


Fonte: http://baixaki.ig.com.br/img/logo.gif

Quando o assunto é proteger o computador contra as pragas, surgem duas questões — Qual aplicativo usar? Qual é o melhor? Infelizmente não existe um programa que podemos chamar de "o melhor de todos", mas sim aplicativos com características marcantes, cada qual se destacando em quesitos diferentes. A escolha do software correto depende muito do modo como o computador é utilizado, da configuração deste e do quanto você está disposto a investir.

Quanto ao modo que o computador é utilizado, devemos analisar dois itens: a freqüência com que se usa a Internet (se houver conexão existente) e a quantidade de dispositivos e mídias portáteis conectados a ele eventualmente. Para um computador que não tem uma conexão com a Internet, ou esta é utilizada raramente, um antivírus mais simples que combata os principais tipos de pragas, como vírus e spywares, já dá conta do recado. Para aqueles que possuem conexão direta (ADSL, por exemplo) e/ou estão em uma rede compartilhada, é imprescindível o uso de um aplicativo mais robusto. O mesmo vale para computadores que são usados com freqüência para as transferências de arquivos através de pendrives, CDs, DVDs etc.

Em se tratando da configuração da máquina, a escolha é uma conseqüência direta do modo que o computador é utilizado. Um antivírus mais simples tende a ser mais "leve", enquanto os mais robustos irão consumir um pouco mais de recursos — memória e processamento — da máquina. Já o investimento aplica-se àqueles que desejam contar com a proteção de um aplicativo pago. Antivírus pagos não são necessariamente melhores que os gratuitos, mas geralmente oferecem mais recursos ao usuário. A escolha correta é crucial para que o seu dinheiro seja bem investido e, é claro, seu PC efetivamente protegido.

Para aqueles que não estão dispostos a pagar nada, ao menos por enquanto, para proteger o computador contra pragas, a equipe do Baixaki relacionou quatro antivírus gratuitos em um quadro comparativo de recursos, visando facilitar a sua decisão (se a dúvida for entre os quatro, é claro!). Vale ressaltar que esse quadro não indica que um é melhor que o outro, já que uma série de outros fatores, principalmente uma análise do mecanismo de detecção, deveria ser levada em conta.

Qual se encaixa melhor ao seu perfil de uso?

* O AVG Free não possui o recurso de antiphishing, porém oferece um recurso capaz de verificar a existência de pragas em sites relacionados em resultados de pesquisas (estas realizadas no Google, Yahoo! etc.), antes que esses sejam acessados.
** O recurso oferecido pelo Avast! Home Edition não chega ser efetivamente um firewall. Ele apenas intercepta pragas que se propagam pela rede, analisando o conteúdo que por ela trafega.
*** Apesar do ícone exibido na systray (barra de sistema ao lado do relógio), o BitDefender AntiVirus Free não oferece proteção em tempo real. Inclusive o próprio desenvolvedor aconselha o uso de uma ferramenta mais completa em casos de computadores que possuam conexão constante com a Internet.
**** Dados obtidos em 29/07/2008.


Como pode ser observado no quadro acima, cada um dos antivírus cumpre seu papel quando enquadrado em situações específicas. O Avast! Home é o mais indicado àqueles que usam a Internet com freqüência; o AVG Free e o Avira AntiVir Personal são os intermediários, indicado àqueles que usam o computador moderadamente e o BitDefender AntiVirus Free para quem deseja apenas analisar o sistema em busca de vírus, recomendado a computadores que não possuem acesso a Internet.

Teste por demanda da virus.gr.

Recentemente, mais precisamente em Junho do ano corrente, foi efetuado um teste por demanda dos mecanismos de detecção de aproximadamente 50 softwares antivírus pela virus.gr. Estes testes não são muito precisos, já que as proporções dos tipos de pragas variam de um para outro. Mas dá para ter uma idéia de como os aplicativos estão evoluindo (ou não!). Foram utilizadas 246705 pragas nesse teste. Os cinco primeiros colocados foram:

1. G DATA 2008 version 18.2.7310.844 - 99.05%
2. F-Secure 2008 version 8.00.103 - 98.75%
3. TrustPort version 2.8.0.1835 - 98.06%
4. Kaspersky version 8.0.0.357 - 97.95%
5. eScan version 9.0.742.1 - 97.44%

Dos softwares gratuitos citados no início da matéria, quem levou a melhor foi o Avira AntiVir Personal, na 10º colocação com 95.54% de detecção. Logo em seguida o AVG Free, em 11º, com 94.85% de detecção, seguido pelo Avast! Professional (segundo o site, utiliza exatamente o mesmo mecanismo da versão Home) com 93.78% em 13º e, por último, o BitDefender AntiVirus Free, em 16º com 91.32%. Clique aqui para ver o relatório do teste na íntegra (em inglês).

Fonte: www.baixaki.com.br

Veja também: