Páginas

Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Ferramentas Microsoft para Office 365 que você provavelmente não conhecia

Ferramentas Microsoft para Office 365 que você provavelmente não conhecia.
São 3 ferramentas ao todo. Uma para publicação de vídeos, uma para criação de fluxos de trabalho e outra para apresentações de slides.


Comecemos com o Office Mix, um plug-in para PowerPoint extremamente robusto e cheio de recursos para criação de apresentações mais ricas e interativas. Detalhes podem ser vistos aqui no blog mesmo: http://draddx.blogspot.com.br/2016/05/criando-cursos-com-o-office-mix-by-blog.html
Acesse o serviço aqui: https://mix.office.com/en-us/Home


O próximo é o Microsoft Stream. Serviço de Streaming de vídeos da Microsoft voltados para o mercado corporativo. Serviço está disponível para empresas que utilizam o serviço do Office 365. Ferramenta facilita o compartilhamento de arquivos e criação de canais.
Acesse o serviço aqui: https://stream.microsoft.com/pt-br/


Por último e não menos importante o Microsoft Flow. Com essa ferramenta é possível criar fluxos de trabalho. Exemplo seria fazer um disparo de e-mail quando um arquivo for inserido no seu OneDrive ou quando um novo pedido no SalesForce for adicionado, um novo item é adicionado no SharePoint.
Acesse o serviço aqui: https://flow.microsoft.com/pt-br/

Fontes:

https://douglasromao.wordpress.com/2015/05/22/mva-criando-cursos-com-o-office-mix/
https://docs.com/RodrigoRomano/3036/microsoft-flow
https://mauriciocassemiro.com/2016/07/28/microsoft-libera-verso-preview-do-microsoft-stream/

Dez motivos para ler mais devagar - ÉPOCA | Danilo Venticinque

Dez motivos para ler mais devagar - ÉPOCA | Danilo Venticinque:



O colunista Danilo Venticinque da revista época escreveu um post apresentando os 10 motivos para ler mais devagar. Hoje se quer fazer tudo muito rápido. Somos apressados e queremos acabar logo o que mal começamos.



A leitura na internet "treina" o leitor de forma incorreta. A leitura fica de péssima qualidade e extremamente fragmentada. Por exemplo, mal terminamos de ler um artido em um site de notícias e no meio do texto aparece um link com 'leia mais aqui sobre esse assunto', ou 'leia sobre isso aqui também'.







Clique aqui para acessar a postagem: http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/danilo-venticinque/noticia/2014/03/dez-motivos-para-bler-mais-devagarb.html



Dez motivos para ler mais devagar



'via Blog this'

Microsoft libera versão Preview do Microsoft Stream | Mauricio Cassemiro

Microsoft libera versão Preview do Microsoft Stream | Mauricio Cassemiro: "A Microsoft anunciou há alguns dias a versão Preview do Microsoft Stream, um serviço de streaming de vídeos voltado para o mercado corporativo.



Esta versão Preview do serviço (ainda sem data oficial de lançamento) já está disponível para empresas com licenças contratadas do Microsoft Office 365."



Veja mais aqui.



https://mauriciocassemiro.com/2016/07/28/microsoft-libera-verso-preview-do-microsoft-stream/



'via Blog this'

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Revista PROGRAMAR nº 53 — Agosto de 2016 | Revista PROGRAMAR

Revista PROGRAMAR nº 53 — Agosto de 2016 | Revista PROGRAMAR:

http://www.revista-programar.info/anuncios/revista-programar-no-53-agosto-de-2016/

A Revista PROGRAMAR está de volta com mais uma edição. Desta vez temos como tema de capa o artigo Entity Framework Core 1, da autoria de Ricardo Peres. Adicionalmente, nesta edição poderá encontrar mais 14 artigos, que listamos de seguida:
  • Algoritmo de Dijkstra (Rita Peres)
  • Funções de distribuição de probabilidade e o Python (Fernando Gomes de Souza Júnior)
  • Sistema de chat público em PHP (Sandro Marques)
  • O meu primeiro Jogo em MonoGame (António Pedro Cunha Santos)
  • Introdução ao Arduino (Adrian Pearce, André Melancia)
  • O silêncio e os interrupts (António Pedro Cunha Santos)
  • Análise do livro Android: Desenvolvimento de Aplicações com Android Studio (Monica Rodrigues)
  • Análise do livro SQL Server 2014: Curso Completo (André Melancia)
  • O Poder de uma SPA (Monica Rodrigues)
  • A Vida na Cloud (Pedro Pico)
  • A Industria Alimentar Aliada às T.I. (Vanessa Faquir dos Santos)
  • A Engenharia de Software, a qualidade final do software e o papel do profissional de desenvolvimento (Augusto Manzano)
  • Entrevista a Vânia Gonçalves (Rita Peres)
  • Projecto em Destaque na Comunidade P@P — Dirt Bike Extreme (António Pedro Cunha Santos)
Clique aqui para fazer o download desta edição!

'via Blog this'

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

git - guia prático - sem complicação!

Reblogando... compartilhando


git - guia prático - sem complicação!: "apenas um guia prático para começar com git. sem complicação ;)"

Acesse:

http://rogerdudler.github.io/git-guide/index.pt_BR.html



'via Blog this'

Como instalar o Java no Ubuntu com apt-get | DigitalOcean

Olá povo. Achei um tutorial que achei nesse blog. Achei tão completo que coloquei uma cópia aqui na integra pois merece ser replicado. Todas as referências descritas aqui para manter os créditos do criador claro.

https://www.digitalocean.com/community/tutorials/como-instalar-o-java-no-ubuntu-com-apt-get-pt
Como instalar o Java no Ubuntu com apt-get | DigitalOcean: "Introdução Como uma grande quantidade de artigos e programas necessitam ter o Java instalado, este artigo irá guiá-lo através do processo de instalação e gerenciamento de diferentes versões de Java."

Instalando o JRE/JDK padrão

Esta é a opção mais fácil e recomendada. Isto irá instalar o OpenJDK no Ubuntu 12.04 e anteriores e no 12.10+ instalará o OpenJDK7.

Instalar o Java com apt-get é fácil. Primeiro, atualize a lista de pacotes:

sudo apt-get update

Então, verifique se o Java já não se encontra instalado:

java -version

Se isso retornar "The program java can be found in the following packages", o Java não foi instalado ainda, então execute o seguinte commando:

sudo apt-get install default-jre

Isto irá instalar o Java Runtime Environment(JRE). Se em vez disso, você precisa do Java Development Kit (JDK), que é geralmente necessário para compilar aplicações Java (por exemplo Apache Ant, Apache Maven, Eclipse e IntelliJ IDEA), execute o seguinte comando:

sudo apt-get install default-jdk

Isto é tudo que é necessário para instalar o Java.
Todos os outros passos são opcionais e devem ser executados quando necessário.
Instalando o OpenJDK7 (opcional)
Para instalar o OpenJDK7 execute o seguinte comando:

sudo apt-get install openjdk-7-jre 

Isto irá instalar o Java Runtime Environment(JRE). Se em vez disso, você precisa do Java Development Kit (JDK), execute o seguinte comando:

sudo apt-get install openjdk-7-jdk

Instalando o Oracle JDK (Opcional)
O Oracle JDK é o JDK oficial; contudo, ele não é mais fornecido pela Oracle como instalação padrão no Ubuntu.
Você ainda pode instalá-lo utilizando apt-get. Para instalar qualquer versão , primeiro execute os seguintes comandos:

sudo apt-get install python-software-properties

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java

sudo apt-get update

Então, dependendo da versão que você quer instalar, execute um dos seguintes comandos:
Oracle JDK 6

Esta é uma versão antiga mas ainda em uso.

sudo apt-get install oracle-java6-installer

Oracle JDK 7

Esta é a ultima versão estável.

sudo apt-get install oracle-java7-installer

Oracle JDK 8

Este é um preview para desenvolvedores, o lançamento oficial está agendado para Março de 2014. Este artigo externo sobre Java 8 poderá ajudá-lo a entender tudo sobre ele.

sudo apt-get install oracle-java8-installer

Gerenciando o Java (Opcional)
Quando existem múltiplas instalações Java em seu ambiente, a versão Java para utilizar como padrão pode ser escolhida. Para fazer isto, execute o seguinte comando:

sudo update-alternatives --config java

Ele geralmente retorna algo assim se você tiver 2 instalações (se você tiver mais, ele retornará mais, é claro):
There are 2 choices for the alternative java (providing /usr/bin/java).

Selection    Path                                            Priority   Status
------------------------------------------------------------
* 0            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java          1062      auto mode
  1            /usr/lib/jvm/java-6-openjdk-amd64/jre/bin/java   1061      manual mode
  2            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java          1062      manual mode

Press enter to keep the current choice[*], or type selection number:
Agora você pode escolher o número para utilizar como padrão. Isto também pode ser feito para o compilador Java (javac):

sudo update-alternatives --config javac

Esta é a mesma tela de seleção do comando anterior e deve ser utilizado da mesma forma. Este comando pode ser executado para todos os outros comandos que possuem diferentes instalações.
Em Java, isto inclui mas não se limita a: keytool, javadoc and jarsigner.
Definindo a variável de ambiente "JAVA_HOME"
Para definir a variável de ambiente JAVA_HOME , que é necessária para alguns programas, primeiramente encontre o caminho da sua instalação Java:

sudo update-alternatives --config java

Ele retorna algo como:
There are 2 choices for the alternative java (providing /usr/bin/java).

Selection    Path                                            Priority   Status
------------------------------------------------------------
* 0            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java          1062      auto mode
  1            /usr/lib/jvm/java-6-openjdk-amd64/jre/bin/java   1061      manual mode
  2            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java          1062      manual mode

Press enter to keep the current choice[*], or type selection number:
O caminho da instalação para cada um é:

1. /usr/lib/jvm/java-7-oracle
2. /usr/lib/jvm/java-6-openjdk-amd64
3. /usr/lib/jvm/java-7-oracle

Copie o caminho da sua instalação preferida e então edite o arquivo /etc/environment:

sudo nano /etc/environment

Nesse arquivo, adicione a seguinte linha (substituindo SEU_CAMINHO pelo caminho copiado):
JAVA_HOME="SEU_CAMINHO"
Isto deve ser suficiente para definir a variável de ambiente. Agora recarregue este arquivo:
source /etc/environment
Faça um teste executando:

echo $JAVA_HOME

Se retornar o caminho que você acabou de configurar, a variável de ambiente foi configurada com sucesso. Se não retornar, por favor certifique-se de ter seguido todos os passos corretamente.

Enviado por: Koen Vlaswinkel

https://www.digitalocean.com/community/tutorials/como-instalar-o-java-no-ubuntu-com-apt-get-pt
'via Blog this'

sexta-feira, 29 de julho de 2016

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Por que o RH pede a pretensão salarial? | Viviane nishiura | LinkedIn

Por que o RH pede a pretensão salarial? | Viviane nishiura | LinkedIn: "Tem de tudo. Tem empresa picareta. Tem empresa de recrutamento que não tem vaga, que quer cobrar do candidato e anuncia dessa forma para receber possíveis clientes. Mas vamos falar das empresas sérias, seja em uma seleção orgânica (dentro da própria empresa) ou por empresas de seleção.

Por que pedimos a pretensão salarial do candidato, já que nós é que anunciamos a vaga?"

...

Continue lendo aqui: https://www.linkedin.com/pulse/por-que-o-rh-pede-pretens%C3%A3o-salarial-viviane-nishiura



'via Blog this'

Veja também: